DIRETORA EXECUTIVA DO TECNOPARQ PRESIDE A PRIMEIRA REUNIÃO DE 2022 DA REDE MINEIRA DE INOVAÇÃO

 

Aconteceu na última terça-feira (05) a primeira reunião do ano promovida pela Rede Mineira de Inovação (RMI), na sede do CIT Senai em Belo Horizonte. O objetivo principal do encontro é a integração e definição de estratégias de fomento do desenvolvimento tecnológico e empresarial de Minas Gerais. Foram convidados a participar diretores, gestores de incubadoras e parques tecnológicos, associados e parceiros da RMI.

Presidindo o encontro, a Diretora Executiva do tecnoPARQ e Presidente da RMI, Adriana Faria, abriu a reunião e posteriormente falou sobre ações que a RMI executou no ano de 2021 a fim de atualizar, discutir e contribuir com o planejamento de ações para 2022. Adriana também apresentou os resultados do InovaData-mg, uma plataforma de inteligência competitiva para integração, acompanhamento e avaliação dos ambientes de inovação, tecnologia e negócios do Estado de Minas Gerais. Os dados e as informações estão disponíveis na plataforma para acesso de empresários, gestores, pesquisadores, agências de fomento, governos e demais interessados nos ambientes empreendedores de base tecnológica de Minas Gerais.

As principais pautas da reunião foram o apoio ao empreendedorismo e à inovação tecnológica em Minas Gerais, com a participação de José Antônio Silvério, Coordenador de Inovação Tecnológica do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Também foram apresentadas questões sobre governança de ambientes de inovação e legislação municipal de ciência, tecnologia e inovação, essa última com destaque para a participação do vereador Daniel Cabral (PCdoB) que apresentou pontos importantes sobre políticas públicas voltadas ao fomento da inovação e criação de oportunidades para a comunidade do Município de Viçosa.

 

A RMI

Fundada em 4 de agosto de 1997, a RMI é uma associação, sem fins lucrativos, de Incubadoras, Parques Tecnológicos e outras organizações mineiras. É responsável por articular esforços e desenvolver ações direcionados para a obtenção e gerência de informações; captação e destinação de recursos; estruturação de programas, metodologias e mecanismos destinados à implementação, desenvolvimento e consolidação de Incubadoras, parques e de empreendimentos inovadores de Minas Gerais.

O objetivo principal da RMI é promover e buscar parcerias e outros tipos de apoio perante a empresas e organizações não governamentais (ONGs), brasileiras ou estrangeiras, bem como perante os governos federal, estadual ou municipal, de modo a cumprir os objetivos acima enumerados, buscando, inclusive, o estabelecimento de eventuais termos de parceria e representar os interesses dos Associados perante a instituições governamentais, ONGs, entidades apoiadoras e demais instituições cujo objetivo esteja alinhado com os objetivos da RMI.

Fique por dentro de tudo

Posts relacionados

Workshop sobre SoftLanding do Programa Brasilesia Impulsiona Cooperação Internacional em Inovação

No dia 11 de junho, o tecnoPARQ promoveu mais um workshop do Programa Brasilesia, focado no tema SoftLanding. O evento contou com a participação de Marco Quirino, Diretor Executivo da...
13 junho 2024

Mitos e Realidades do Empreendedorismo Tecnológico

Empreender no setor tecnológico é frequentemente visto como uma jornada repleta de glamour e sucesso instantâneo. No entanto, a realidade é mais complexa e desafiadora do que muitas vezes se...
13 junho 2024

Mentoria e Aconselhamento para Empreendedores: O Guia Completo

No mundo dinâmico e desafiador do empreendedorismo, ter uma boa ideia e recursos financeiros são apenas parte do quebra-cabeça. A experiência, os insights e a orientação podem ser fatores decisivos...
11 junho 2024