TECNOPARQ E UFV PROPÕEM AO GOVERNO DE MINAS PROJETO ESTRATÉGICO EM DEFESA FITOSSANITÁRIA E PRODUÇÃO DE ALIMENTOS

 

Representantes da UFV, do tecnoPARQ e das secretarias de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e Desenvolvimento Econômico (Sede) de Minas Gerais estiveram reunidos na quinta-feira (10), na Cidade Administrativa do Governo de Minas, em Belo Horizonte (MG). O objetivo das reuniões foi discutir a implementação do Centro Tecnológico de Biossegurança e Quarentena Vegetal (CTBQV), um projeto estratégico em defesa fitossanitária, sanidade vegetal e Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P,D&I) para produção de alimentos e fibras.

Na primeira reunião, com a Seapa, a diretora executiva do tecnoPARQ, Adriana Ferreira de Faria, destacou que as atividades do CTBQV serão voltadas ao desenvolvimento de novas soluções tecnológicas para a detecção e erradicação de pragas exóticas indesejáveis, que representam uma ameaça constante ao agronegócio, bem como para o aumento de produtividade nacional de alimentos.

O reitor da UFV, Demetrius David da Silva, esclareceu que as atividades de pesquisa e desenvolvimento poderão ser realizadas pelos especialistas do Centro, por professores e pesquisadores da Universidade e de outras instituições, além de empresas parceiras. De acordo com ele, a interação do CTBQV com a UFV e seus pesquisadores resultará em novas oportunidades de P,D&I, subsidiará a produção sustentável de alimentos no estado e no país, fomentará a transferência de tecnologia para a sociedade, permitirá oportunidades de atração e criação de novas empresas de base tecnológica para Viçosa e possibilitará a realização de atividades tecnológicas que, antes, só poderiam ser realizadas no exterior.

Diante da importância do projeto, a secretária da Seapa, Ana Maria Soares Valentini, se comprometeu a apoiar a UFV na viabilização do CTBQV. Ela ratificou a importância estratégica do projeto para Minas Gerais, especialmente em função da necessidade de ações concretas para a garantia da produção de alimentos, em quantidade e qualidade, nas próximas décadas, tendo em vista que as medidas no combate aos ataques de pragas são ainda insuficientes, o que ocasiona muitos prejuízos aos agricultores.

O projeto também foi apresentado ao subsecretário de Ciência, Tecnologia e Inovação da Sede, Felipe José Fonseca Attiê. Ele também demonstrou o seu compromisso em apoiar a implantação do Centro, buscando viabilizar financeiramente o projeto, especialmente pela sua importância como uma âncora para o Parque Tecnológico de Viçosa, capaz de atrair centros de P,D&I de grandes empresas, em função da expertise e excelência lideradas pela UFV na área.

As reuniões contaram, ainda, com a participação do pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Raul Narciso Guedes; do subsecretário de Política e Economia Agropecuária, João Ricardo Albanez; do assessor Técnico Especial, Alexandre Gonzaga de Paula; do assessor de Assuntos Estratégicos, José Eduardo Ferreira da Silva; da superintendente de Pesquisa e Tecnologia, Luciana Quaresma Rodrigues, e do deputado estadual Roberto Andrade.

Fique por dentro de tudo

Posts relacionados

Workshop sobre SoftLanding do Programa Brasilesia Impulsiona Cooperação Internacional em Inovação

No dia 11 de junho, o tecnoPARQ promoveu mais um workshop do Programa Brasilesia, focado no tema SoftLanding. O evento contou com a participação de Marco Quirino, Diretor Executivo da...
13 junho 2024

Mitos e Realidades do Empreendedorismo Tecnológico

Empreender no setor tecnológico é frequentemente visto como uma jornada repleta de glamour e sucesso instantâneo. No entanto, a realidade é mais complexa e desafiadora do que muitas vezes se...
13 junho 2024

Mentoria e Aconselhamento para Empreendedores: O Guia Completo

No mundo dinâmico e desafiador do empreendedorismo, ter uma boa ideia e recursos financeiros são apenas parte do quebra-cabeça. A experiência, os insights e a orientação podem ser fatores decisivos...
11 junho 2024