GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS REALIZA VISITA PARA CONHECER A INFRAESTRUTURA, EMPRESAS E PROGRAMAS DO TECNOPARQ

 

Representantes do Governo do Estado de Minas Gerais realizaram uma visita ao tecnoPARQ com o intuito de conhecer as instalações e os empreendimentos apoiados pela instituição. Na última terça-feira (25), Fernando Abreu, Diretor de Projetos de Desenvolvimento Local da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), acompanhado do Assessor da Diretoria de Projetos de Desenvolvimento Local da Sede, Marco Gaspar. A visita foi guiada pela equipe do tecnoPARQ que apresentou a infraestrutura, as empresas e os tipos de negócios executados pelo parque seus parceiros.

Ao final da visita, os representantes do Governo se reuniram no Salão Nobre do tecnoPARQ com a Professora Adriana Faria, Diretora Executiva do tecnoPARQ e com a Coordenadora Jucélia Lopes. Em reunião, após conhecerem toda a infraestrutura do parque, a Diretoria apresentou mais detalhes sobre a atuação do tecnoPARQ em relação às empresas parceiras, além de mostrar os programas e benefícios oferecidos a esses empreendimentos.

O interesse do Governo do Estado de Minas Gerais no tecnoPARQ vem da necessidade de estreitar a relação entre os agentes de empreendedorismo local com o Estado, além de promover o alinhamento das ações que o governo pretende tomar em relação aos Arranjos Produtivos Locais (APLs). Atualmente o Município de Viçosa abriga duas APLs, sendo uma de biotecnologias e outra de tecnologia de informação. Nesse cenário, o tecnoPARQ atua não apenas com o apoio e desenvolvimento de projetos e empreendimentos locais, como também na promoção da mentalidade empreendedora e suas vantagens para o desenvolvimento local e regional.

O Governo de Minas Gerais tem realizado recentemente uma série de visitas a diferentes ecossistemas de empreendedorismo em municípios por todo o estado, a fim de incentivar as atividades das APLs e fortalecer o vínculo econômico entre empreendimentos locais com especialização produtiva. Assim, o Estado tem promovido a reformulação da política de Arranjos Produtivos Locais e Polos Produtivos​ a fim de alcançar melhorias na forma com que as APLs atuam em suas regiões.

 

Sobre as APLs?

Segundo o Ministério da Economia, os Arranjos Produtivos Locais são aglomerados de agentes políticos, econômicos e sociais com foco em um conjunto específico de atividades econômicas localizados em uma mesma região. Assim, os APLs são empresas e empreendimentos com proximidade geográfica e que apresentam especialização produtiva, algum tipo de governança e mantêm vínculos de articulação, interação, cooperação e aprendizagem entre si e com outros atores locais, tais como: governo, associações empresariais, instituições de crédito, ensino e pesquisa.

Fique por dentro de tudo

Posts relacionados

Workshop sobre SoftLanding do Programa Brasilesia Impulsiona Cooperação Internacional em Inovação

No dia 11 de junho, o tecnoPARQ promoveu mais um workshop do Programa Brasilesia, focado no tema SoftLanding. O evento contou com a participação de Marco Quirino, Diretor Executivo da...
13 junho 2024

Mitos e Realidades do Empreendedorismo Tecnológico

Empreender no setor tecnológico é frequentemente visto como uma jornada repleta de glamour e sucesso instantâneo. No entanto, a realidade é mais complexa e desafiadora do que muitas vezes se...
13 junho 2024

Mentoria e Aconselhamento para Empreendedores: O Guia Completo

No mundo dinâmico e desafiador do empreendedorismo, ter uma boa ideia e recursos financeiros são apenas parte do quebra-cabeça. A experiência, os insights e a orientação podem ser fatores decisivos...
11 junho 2024