AVANÇA CAFÉ: NOVOS NEGÓCIOS E TECNOLOGIAS PARA O CAFÉ

 

O Brasil é responsável por um terço de todo o café que é produzido no mundo, exportando o grão para mais de 128 países. Em 2019, registrou volume de produção de 49,9 milhões de sacas com 2,1 milhões de hectares plantados. Em 2020, registrou aumento de 25% na produção, com 61,6 milhões de sacas, mantendo basicamente a mesma área plantada. Neste ano, a estimativa é produzir 46 milhões de sacas, mesmo diante a conhecida bienalidade do café e ao cenário pandêmico, porém com a menor área plantada já registrada desde 1997: 1,7 milhões de hectares.

Com um cenário de consumo mundial em franca expansão, a demanda global de café elevará as atuais 168,39 milhões de sacas em 2020 para 205 milhões em 2030, segundo o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé). Como o Brasil responde por um terço da produção mundial, para manter o Market Share desse mercado, terá que elevar sua produção para, em média, 70 milhões de sacas por ano. Para alcançar tal objetivo, as startups tornam-se fundamentais devido a sua capacidade de gerar novos produtos e tecnologias com toda a agilidade que será demandada pelo setor.

O Avança Café, programa de aceleração de startups, executado pela Universidade Federal de Lavras e pela Universidade Federal de Viçosa, surge com o objetivo de formar novas startups que impactarão o setor com muito mais agilidade, inovação e tecnologia. Conheça agora as startups mais promissoras que surgiram no Avança Café:

 

AGROSPECTRA: é uma startup com origem na pesquisa acadêmica da UFLA. O novo negócio propõe a utilização da espectroscopia no infravermelho próximo (NIR) aliado a inteligência artificial (IA) para otimizar os processos de classificação da qualidade sensorial dos cafés que passam pelas cooperativas com maior rapidez, confiabilidade e padronização. Atualmente, a startup passa por algumas provas de conceito junto ao programa AgroConecta do Sistema FAEMG, parceiro do Avança Café desde a primeira edição.

 

AMACHAINS: startup do norte do país, surgiu com a visão de que todos os atores da cadeia produtiva podem ser confiáveis e transparentes. Para tal, a Amachains desenvolve um sistema de rastreabilidade que utiliza blockchain e compliance. Além do café, o sistema pode ser adaptado para qualquer outra cadeia produtiva. Hoje, a startup é acelerada no SEED, um programa de aceleração de startups do Governo de Minas Gerais. Para mais informações, acesse amachains.com

 

BIW4AGRO: ela desenvolveu um robô inteligente e movido a energia solar que automatiza uma das principais operações de secagem do café em terreiro: a operação de movimentação e alinhamento do café em leiras, também conhecida como roda do café. Assim como a AgroSpectra, a Biw4agro também está desenvolvendo algumas provas de conceito no AgroConecta, colocando o seu robô para trabalhar em algumas propriedades de café.

 

AGRÔNOMO DIGITAL: é uma startup de tecnologia focada em agricultura digital, que busca principalmente ser o braço direito e a ponte entre produtores, agrônomos e técnicos agrícolas no dia a dia da lavoura, fornecendo conhecimentos, ferramentas e recursos rápidos, precisos e contínuos. Hoje, assim como a Amachains, a startup também está sendo acelerada no SEED.

 

CERTIFICAFÉ: é uma empresa de tecnologia que une certificação, gestão e conexão com o mercado. A startup ajuda cafeicultores a certificar suas fazendas para que possam acessar novos mercados e melhorar a lucratividade. Tudo isto de maneira simples, rápida, barata e digital! A startups surgiu na primeira edição do Avança Café.

 

FARMLY: ela acredita que o produtor e o torrefador devem ter uma relação de proximidade. Também acreditam que o produtor tem que ser reconhecido e bem pago e que o torrefador deve ter acesso a cafés maravilhosos, únicos, e ainda mais baratos. Assim, a Farmly cria uma ponte que liga o torrefador ao produtor diretamente, ignorando a grande cadeia de compra e venda de cafés que acaba com a variedade, qualidade e preço dos cafés. Assim como a Certificafé, a Farmly também é um case de sucesso da 1ª edição do Avança Café.

 

AVANÇA CAFÉ 3.0: FORMANDO NOVAS STARTUPS PARA O CAFÉ

O Avança Café é um programa de aceleração de startups com ações que englobam as fases de ideação de novos negócios e a aceleração propriamente dita, foi idealizado pela Embrapa Café e é financiado pelo Consórcio Pesquisa Café. Em sua terceira edição, a execução continua a cargo do InovaHub, o hub de startups da UFLA, e do tecnoPARQ, o Parque Tecnológico de Viçosa, duas referências em inovação e empreendedorismo de duas grandes universidades importantíssimas para a cafeicultura brasileira.

Em 2021, o programa contará com 14 semanas de aceleração, com diversos conteúdos, workshops, mentorias, bancas de pitch e, a grande novidade, 7 sprints de Aplicação de MVPs e 5 sprints de Testes de Soluções, conectadas diretamente com o produtor ou outro ator da cadeia produtiva. O grande objetivo é o desenvolvimento de novos produtos, serviços ou novas tecnologias para a cadeia produtiva do café. Para Rennan Campos, coordenador do InovaHub/UFLA, “o grande propósito é transformar ideias, pesquisas ou startups em negócios mais bem estruturados e prontos para impactar a cafeicultura brasileira”.

 

INSCRIÇÕES ABERTAS!

Antes do Avança Café 3.0, ocorrerá o Coffeethon, o maior hackathon do café 100% online do Brasil. O evento é ideal para pessoas com vontade de empreender no setor, com ideias, pesquisas e equipes ainda não tão bem estruturadas. As inscrições para o CoffeeThon já estão abertas e poderão ser feitas no site avancacafe.com até o dia 12 de julho. A maratona de desenvolvimento e ideação terá início no dia 19 de julho, com muitas atividades ao longo da semana. No dia 24 de julho, os vencedores do CoffeeThon serão conhecidos, recebendo premiações em dinheiro e sendo encaminhados diretamente para a aceleração de startups. Outras equipes que se destacarem também poderão receber um passaporte direto para o Avança Café.

Equipes com ideias de negócio e equipes minimamente estruturadas podem pular o CoffeeThon e já se inscreverem diretamente no Avança Café 3.0. As inscrições também estão abertas, podendo ser feitas através do site do programa até o dia 02 de agosto. Todas as informações e pré-requisitos necessários, tanto para o Coffeethon, quanto para o Avança café 3.0, podem ser encontrados em um único edital no site avancacafe.com

Fique por dentro de tudo

Posts relacionados

Inovação Aberta Sem Fronteiras: Como o tecnoPARQ tem ajudado Startups e Grandes Empresas a Revolucionarem o Mercado

No cenário dinâmico e competitivo de hoje, a inovação não pode mais ser vista como um esforço isolado. O conceito de Inovação Aberta surge como um poderoso paradigma, onde a...
20 junho 2024

Como Dominar a Gestão Financeira da Sua Startup: Dicas Práticas para Empreendedores

Introdução A gestão financeira é um dos pilares fundamentais para o sucesso de qualquer startup. Sem um controle rigoroso das finanças, mesmo as ideias mais brilhantes podem falhar. Neste artigo,...
18 junho 2024

tecnoPARQ promove treinamento sobre Gestão da Inovação para empresa associada

Na última terça-feira (11/06), o Parque Tecnológico de Viçosa promoveu um treinamento para a Tial, empresa associada do tecnoPARQ. O tema foi Gestão da Inovação, um assunto crucial para as...
14 junho 2024