tecnoPARQ Participa de Projeto para Impulsionar a Comunicação Científica em Minas Gerais

Um novo capítulo na comunicação científica começa a ser escrito em Minas Gerais com o início da Rede Lide em CT&I (Laboratório de Inteligência e Divulgação Especializada em Ciência, Tecnologia e Inovação). Lançado oficialmente nesta sexta-feira (5), no BH-TEC, o projeto visa revolucionar a forma como a ciência é comunicada e percebida pela sociedade.

Um dos grandes desafios da produção científica atualmente é chegar à sociedade de forma simples e correta para que esta confie e se apodere do conhecimento. Pensando em melhorar a informação que sai da universidade, passa pela mídia e chega ao cidadão, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Parque Tecnológico de Belo Horizonte (BH-TEC), a Fiocruz Minas/Instituto René Rachou, a Biominas Brasil e o Parque Tecnológico de Viçosa (tecnoPARQ/UFV), se uniram para potencializar a divulgação científica em Minas, bem como estreitar a relação entre jornalistas e pesquisadores.

O evento reuniu profissionais da imprensa mineira e nacional, cientistas, pesquisadores e representantes de startups do setor de inovação científica. Ao todo, sete especialistas foram responsáveis pelas palestras: Débora D’ávila Reis (UFMG), Cristiana Ferreira Alves de Brito (Fiocruz Minas), Laísse Nicácio (tecnoPARQ), Isabela Allende (Biominas Brasil), Maísa Caldeira (Record), Bernardo Esteves (Piauí) e Cristina Guimarães, gerente de Desenvolvimento Institucional do BH-TEC.

Representando o Parque Tecnológico de Viçosa (tecnoPARQ/UFV), Laísse Nicácio apresentou o tecnoPARQ como uma instituição pública dedicada ao desenvolvimento de empresas de base tecnológica. Ela reforçou o compromisso da instituição com a Rede Lide, enfatizando a criação de formas eficientes de comunicação científica que estreitem o relacionamento entre a universidade e a sociedade.

“Precisamos usar os nossos canais de comunicação e os canais de mídia para levar o conhecimento científico até a população. A proposta de valor que o tecnoPARQ traz é a interação entre a universidade e as áreas produtivas, transformando o conhecimento que é produzido na universidade em produtos e serviços”, destacou Laísse Nicácio.

O resultado é a concretização do Laboratório de Inteligência em Divulgação Especializada em Ciência, Tecnologia e Inovação, cuja sigla – Rede Lide CT&I. O projeto, que é financiado pela Fapemig, tem como objetivo criar uma rede de comunicação eficaz para disseminar os resultados de pesquisas e inovações tecnológicas, promovendo um ambiente colaborativo entre pesquisadores, empresas e a sociedade. Entre os serviços oferecidos estão workshops, seminários e publicações científicas, além de plataformas digitais para a troca de informações e experiências.

A participação do tecnoPARQ no projeto é um passo significativo para ampliar o alcance da comunicação científica e tecnológica, promovendo o desenvolvimento sustentável e a competitividade da indústria mineira.

Para mais detalhes, acesse a Agência de Notícias do BH.Tec.

Fique por dentro de tudo

Posts relacionados

Transformação Digital: Desafios e Oportunidades para Pequenas Empresas

A transformação digital está revolucionando o mundo dos negócios, oferecendo novas tecnologias que mudam a maneira como as empresas operam e competem. Para pequenas empresas, adaptar-se a essas mudanças pode...
11 julho 2024

Profa. Adriana Ferreira de Faria Participa em Mesa-Redonda sobre Neo-Industrialização na SBPC 2024

Durante a 76ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), realizada na Universidade Federal do Pará (UFPA), em Belém, a diretora executiva do tecnoPARQ, Profa. Adriana...
10 julho 2024

DemoDay do Programa tecnoPARQ Acelera destaca a inovação em mais uma edição

Na última segunda-feira, dia 8 de julho, o Parque Tecnológico de Viçosa foi palco do Demoday do Programa de Aceleração tecnoPARQ Acelera. Este evento marcou o encerramento de três intensos...
10 julho 2024